Biografia DuPont™ Kevlar®


Invenção

A invenção do Kevlar®


Descoberto em 1965, quase por um acidente, o Kevlar® é hoje uma fibra versátil encontrada em diversos itens como coletes à prova de balas, artigos para esportes radicais e até itens para a exploração espacial.

O acaso dessa invenção se deu graças à Stephanie Kwolek, cientista da DuPont que, à época, pesquisava um material mais leve e resistente para ser utilizado em pneus. Diante de um líquido viscoso e aparentemente sem utilidade, Stephanie encontrou uma cadeia de moléculas extremamente resistente.

Por muito pouco, o experimento descoberto pela cientista não foi para o lixo. Como tinha a certeza de que havia encontrado algo, Kwolek convenceu o técnico que a acompanhava de aprofundar a pesquisa, a fim de conhecer melhor as propriedades daquele material. Foi então que Stephanie se deparou com uma fibra cinco vezes mais forte que o aço, porém, extremamente leve.

Da fibra ao colete

O Kevlar® foi lançado pela DuPont em 1971 e hoje é um dos materiais mais utilizados no segmento de proteção. Quando chegou ao mercado, um militar chamado Nick Montanarelli soube das propriedades do Kevlar® e sugeriu ao Instituto Nacional de Justiça que o testasse para uso em coletes e roupas. Após revestir uma lista telefônica com Kevlar® e notar que as balas ricocheteavam em contato com o material, Nick teve a ideia de transformá-lo em material para o vestuário da polícia e exército. Em 1978, o Exército dos Estados Unidos contava com as primeiras jaquetas e capacetes revestidos por Kevlar®.

Além da resistência, o Kevlar® conta com uma boa durabilidade contra chamas e cortes, não se decompõe na água, é resistente à umidade e não se degrada por fungos ou bactérias. Essas características fazem com que este material seja aplicado na indústria automobilística, de pneus, petrolífera, itens espaciais e até esportes radicais.

Por ser o principal material que reveste coletes à prova de balas, o Kevlar® já salvou inúmeras vidas. Além do vestuário, o Kevlar® é amplamente utilizado como material para blindagem de veículos militares e da polícia.


Compartilhe